fbpx

Regresso às aulas: Como preparar a transição para o 2º ciclo

regresso às aulas

Depois de uma grande temporada de férias, o regresso às aulas é um momento ansiado pelos mais novos. A azáfama do início do novo ano letivo cria o desejo nos miúdos de voltar à escola, às rotinas diárias, reencontrar os colegas e comprar o novo material escolar.

Para muitos alunos, o regresso às aulas implica algumas alterações. As transições de ciclo são mudanças inevitáveis ao longo do percurso escolar. Poder-se-á considerar que as mudanças do pré-escolar para o 1º ciclo, e deste para o 2º ciclo, são as mais complexas e propícias a gerar problemas de adaptação.

Nestas idades, as mudanças são significativas o que, aliado aos estádios de desenvolvimento da criança, pode tornar a transição mais complexa. Nesse sentido, de modo a ajudá-lo a apoiar o seu filho na mudança para o 2º ciclo, apontamos alguns conselhos importantes.

 

O que muda na entrada para o 2º ciclo?

Antes de conhecer as dicas para a transição para o 2º ciclo, importa perceber quais as mudanças mais significativas desta fase.

 

1. Aumentam as áreas de conhecimento e os professores

Com o ingresso no 2º ciclo, o número de disciplinas aumenta e, com isso, os professores. No ensino primário existe apenas um professor titular, enquanto que no 5º e 6º anos, normalmente, existe um docente por cada disciplina.

É muito natural que a proximidade com estes docentes seja menor relativamente à que havia no primeiro ciclo. Este pode ser um fator estranho à criança no regresso às aulas, mas acaba por ser assimilado em pouco tempo.

 

2. Os horários tornam-se mais complexos

No 2º ciclo, durante a semana, os horários e as disciplinas são sempre diferentes, exigindo ao aluno mais responsabilidade e organização. Isto implica que a criança seja capaz de organizar a sua mochila e o material para o dia seguinte.

Por outro lado, as escolas são maiores e com mais salas, implicando que o aluno possa ter de mudar de espaço ao longo do dia.

 

3. É exigida mais autonomia ao aluno

Ao longo do percurso escolar é esperado que o aluno vá desenvolvendo diversas competências e uma delas é a autonomia. Com a entrada no 2º ciclo, este aspeto é fundamental para que o aluno tenha uma adaptação plena.

Não é apenas no quotidiano que esta competência será útil à criança. Relativamente à dimensão pedagógica, este aspeto é fulcral para o sucesso escolar do aluno no novo ciclo.

 

4. Mudam os grupos de pares

A mudança de ciclo significa para muitas crianças uma mudança de escola. Por sua vez, isto implica a integração em turmas nas quais terão de fazer novos amigos e estabelecer novas interações sociais.

Nestes casos, esta é uma mudança bastante impactante na vida dos mais pequenos, causando, por vezes, alguma turbulência no regresso às aulas.

 

5. A exigência em relação ao rendimento escolar aumenta

Com um sistema de avaliação mais quantitativo e contínuo, a entrada no 2º ciclo pode trazer mais pressão ao aluno em relação aos resultados escolares. Há uma maior exigência de rigor no seu desempenho.

 

4 Conselhos para um regresso às aulas tranquilo

Se o seu filho vai ingressar no 2º ciclo, é essencial tomar alguns cuidados de forma a tornar essa transição suave e tranquila. Fique com os nossos conselhos para um regresso às aulas mais pacífico.

 

1. Vá conversando com a criança sobre a nova rotina escolar

É muito importante que, antes do regresso às aulas, converse com o seu filho sobre as mudanças no 2º ciclo. Procure falar com a criança sobre aquilo que vai mudar e tente perceber que tipo de expectativas e receios ela tem. É importante identificar estas situações para que o início das aulas decorra tranquilamente.

 

2. Incentive a criança a usar instrumentos para se organizar

Dada a maior complexidade do 2º ciclo comparativamente ao ensino primário, é fundamental que a criança adquira hábitos e métodos para se organizar.

Dessa forma, antes do regresso às aulas, ajude o seu filho a criar calendários para apontar datas de testes e trabalhos de casa e também a fazer um horário com as salas e as horas das diferentes disciplinas.

 

3. Envolva-se no processo de transição

O envolvimento parental é determinante para o desempenho e adaptação do aluno no seu percurso escolar. Nesse sentido, nos primeiros tempos, demonstre uma maior presença na vida escolar do seu filho. Acentue a comunicação entre escola e família, para estar a par da adaptação da criança ao novo ciclo.

 

4. Relativize esta mudança

A capacidade de adaptação das crianças é grande. Em muitos casos, as famílias acabam por demonstrar mais ansiedade nesta transição para o 2º ciclo do que os filhos.

Nesse sentido, no regresso às aulas, evite demonstrar esses receios, pois assim facilitará a adaptação dos mais pequenos.

 

Neste regresso às aulas, siga os nossos conselhos para uma rápida adaptação do seu filho às novas rotinas. Subscreva o nosso blog para ter acesso a outras dicas sobre o início do novo ano letivo.

 


 

Deixe uma resposta