fbpx

Como gerir as expectativas face ao sucesso escolar dos filhos 

sucesso escolar

O sucesso escolar dos alunos depende de vários fatores e um deles é o envolvimento e interesse dos pais nas atividades escolares. Está comprovado que a participação das famílias contribui decisivamente para a obtenção de bons resultados e para o bem-estar dos mais pequenos.

O interesse pelo percurso escolar da criança é um ponto muito positivo. No entanto, nem sempre a forma como os pais se envolvem nesse processo contribui positivamente para as notas dos alunos. Por detrás desse envolvimento há sempre expectativas relativamente ao sucesso escolar. Essa representação que os pais criam tem impactos na forma como os alunos encaram a escola.

De um modo geral, a expectativa é que os filhos tenham os melhores resultados. Porém, esse sentimento pode originar demasiada pressão sobre a criança quanto ao seu desempenho na escola. Por outro lado, há casos em que os pais nivelam por baixo as capacidades dos filhos, o que, muitas vezes, gera neles sentimentos de desinteresse e desmotivação.

Sendo incontornável a importância determinante que as famílias têm no percurso educativo das crianças, é importante que os pais consigam gerir as suas expectativas.

 

Impactos de uma má gestão das expectativas dos pais no sucesso escolar dos filhos

 

Muitas vezes os pais têm uma ambição predefinida quanto ao percurso educativo dos seus filhos. Quando mal geridas, essas expectativas podem ter consequências negativas no sucesso escolar dos jovens.

Além da escola, certas decisões acabam por influenciar outras dimensões do quotidiano dos mais pequenos, de uma forma nem sempre positiva.

 

1. Escolha da instituição educativa

É comum os pais optarem por determinada instituição educativa devido ao seu estatuto e à posição que ocupa no ranking das escolas. Isto acontece, sobretudo, no 3º ciclo e secundário.

Uma mudança de escola, por exemplo, pode representar alguns desafios, especialmente no que toca à adaptação do aluno e à alteração dos métodos pedagógicos.

 

2. Determinação das áreas de estudo

Uma má gestão de expectativas por parte dos pais condiciona, por vezes, o percurso escolar do aluno relativamente às áreas de estudo, sobretudo no ensino secundário e superior. Algumas famílias incitam os filhos a prosseguir estudos numa área específica, menosprezando as suas próprias preferências e aptidões.

 

3. Gestão do tempo de estudo

Na busca pela excelência nos resultados dos filhos, os pais, por vezes, determinam regras muito rígidas quanto ao tempo dedicado ao estudo. Embora seja importante estimular a criança ou adolescente para os trabalhos escolares, não é menos importante que tenham tempo livre para atividades de lazer.

Estudar em demasia pode ter efeitos adversos, tais como desmotivação e cansaço, acabando por comprometer o sucesso escolar.

 

4. Influência nas expectativas do aluno

A expectativas dos pais condicionam o modo como os alunos perspetivam o próprio percurso escolar e o seu futuro.

Quando a fasquia é demasiado alta e eles ficam aquém dos resultados, surgem sentimentos de frustração, incapacidade e ansiedade que prejudicam o sucesso escolar. Por outro lado, quando a fasquia é colocada por baixo e o esforço e resultados do aluno não são valorizados, as consequências também podem ser negativas.

 

4 Formas de gerir expectativas face ao sucesso escolar dos seus filhos

 

Para criar condições para o sucesso escolar e envolver-se de forma positiva no percurso educativo do seu filho, deve saber gerir as suas expectativas. Fique com 4 dicas para um acompanhamento adequado.

 

1. Não deixe que as suas expectativas “asfixiem” a criança

Impor as suas expectativas quanto ao percurso educativo do seu filho não garante sucesso escolar. Controlar e exigir demasiado de um aluno tem, em algumas situações, efeitos contrários.

As metas devem ser sempre definidas tendo em conta as capacidades da criança ou adolescente e todo o contexto em que o trabalho escolar é desenvolvido.

 

2. Acompanhe o percurso escolar do seu filho

Para definir metas realistas, é importante que se mantenha informado acerca do percurso escolar do seu filho. Fale com os professores e diretores de turma para conhecer as suas perspetivas. Dessa forma vai perceber quais são os pontos fortes do aluno e os aspetos a melhorar.

 

3. Avalie os resultados antes de agir

Quando o rendimento escolar do seu filho não é congruente com as expectativas que estabeleceu, deve tentar perceber a razão desses resultados. Antes de tomar qualquer decisão, converse com a criança e deixe-a justificar-se. Após isso, é importante demonstrar o apoio necessário em vez de punir ou castigar.

 

4. Construa expectativas em conjunto

Defina objetivos em conjunto com o seu filho e pratique o reforço positivo. Ao mesmo tempo que promove uma interação positiva, está a estimular o seu sentido de responsabilidade e a definir metas mais realistas. Por outro lado, é uma forma de se manter a par dos seus sentimentos e emoções relativamente ao seu percurso escolar.

 

Ser parte ativa do sucesso escolar do seu filho depende de uma relação assente no diálogo e no apoio. Exigir demais ou subestimar as capacidades de um aluno poderá ter sérios efeitos negativos no progresso educativo da criança ou adolescente.

 

 

 

Deixe uma resposta