fbpx

5 Razões para não mudar de escola na transição de ciclo 

mudar de escola

Em muitos casos, os pais aproveitam as mudanças de ciclo para mudar de escola os filhosExiste a ideia de que esta é a melhor altura para o fazer, pois as implicações no percurso escolar e educativo da criança são menores. Contudo, nem sempre isso é verdade.  

Mudar de escola, mesmo na transição de ciclo, pode ser um processo difícil para a criança. Por vezes, as rotinas e dinâmicas institucionais que são perdidas levam a dificuldades de adaptação à nova instituição de ensino. Em alguns casos, a solução passa mesmo pelo regresso à antiga escola. 

É por isso que mudar de escola deve ser um processo muito bem ponderado. Se os motivos que estão por detrás dessa necessidade podem ser contornados, opte sempre pela estabilidade educativa da criança. 

 

O que muda nas transições de ciclo?

 

Como já foi referido, as transições de ciclo são vistas como uma oportunidade para mudar os filhos de escola. No entanto, a passagem para o 2º ou 3º ciclo já é por si só uma grande mudança no percurso escolar e educativo do aluno. 

As alterações surgem nos métodos pedagógicosdisciplinas, carga horária e professores. Mesmo mantendo a criança na mesma instituição educativa, são mudanças significativas na rotina escolar do aluno que podem levar a criança a ter dificuldades de adaptação. 

Nesse sentido, as instituições educativas costumam, no final de cada ciclo, preparar essa transição, como acontece no Externato Champagnat.  Mesmo nas escolas públicas, dentro dos agrupamentos, as mudanças costumam ser acauteladas.  

Desse modo, caso mudar de escola seja algo inevitável para dinâmica familiar, esse processo deve ser muito bem acompanhado e preparado.  

 

5 Razões para não mudar de escola nesta fase

 

A estabilidade educativa e escolar da criança deve, dentro das possibilidades da família, ser mantida. Este facto tem uma forte influência no sucesso escolar do aluno e, consequentemente, no seu bem-estar.  

Fique com 5 motivos para não mudar de escola o seu filho. 

 

1. A estabilidade mantém os laços sociais

escola representa um importante espaço de socialização para as crianças. É lá que desenvolvem as suas principais relações sociais. É normal criarem laços de amizade, não só com as crianças da mesma idade, mas também com professores e outros agentes educativos.  

Desse modo, mudar de escola vai, em parte, cortar muitos desses laços e originar ansiedade e tristeza nos mais novos. 

 

2. Permite manter as rotinas institucionais

Mudar de ciclo e manter o aluno na mesma escola, irá permitir manter as rotinas institucionais. Por exemplo, o Externato Champagnat tem uma preocupação muito grande na relação com os seus alunos e isso marca uma identidade muito própria da instituição. Esta disposição influencia as rotinas pedagógicas e escolares, que são mantidas mesmo que a criança transite para outro ciclo.  

Desse modo, este aspeto tem uma importância fundamental no bem-estar dos mais pequenos. 

 

3. Facilita o processo de adaptação ao novo ciclo

As transições de ciclo exigem aos alunos uma adaptação a novas dinâmicas pedagógicas. Se lhes somar a mudança de escola, pode significar maiores dificuldades de integração para a criança.  

Dessa forma, manter o aluno na mesma instituição educativa permite que a sua adaptação seja mais simples e aumenta as oportunidades de sucesso escolar. 

 

4. Contribui para o sucesso escolar

Como já foi referido, mudar de escola pode ter consequências negativas a nível do sucesso escolar. Salvo nas situações em que, por diversas razões, a instituição escolar esteja a ter impactos negativos no alunoo ideal é manter sempre a estabilidade 

Um percurso escolar estável é um fator que contribui para o sucesso educativo das crianças. 

 

5. Ajuda a manter o bem-estar do aluno 

É sabido que mudar de escola e a consequente inadaptação à nova instituição escolar, trazem problemas para a criança. Ansiedade e até mesmo depressão podem ser as consequências de uma desvinculação atribulada da antiga instituição. Desse modo, se tem isso em mente, pondere tudo muito bem antes de tomar a decisão 

 

Se mudar de escola é uma situação inevitável, faça por avaliar todas as possíveis consequências desse processo. Antes de tudo, pese os prós e os contras e considere sempre o ponto de vista do seu filho.  

Aproveite para descarregar de forma gratuita o nosso ebook 10 Razões para manter o seu filho na mesma instituição de ensino.

 

DESCARREGAR EBOOK

 

Deixe uma resposta