fbpx

COVID-19: Dicas para viajar com crianças nas férias de verão 

viajar com crianças + COVID-19

A pandemia de COVID-19 obrigou a população ao confinamento, o que impediu as famílias de realizar muitas atividades, entre as quais, viajar com as crianças. 

Com o início do verão e o alívio de muitas restrições, chegou a altura de programar as férias! Contudo, as recomendações para a prevenção da COVID-19 implicam alguns cuidados, principalmente se vai viajar com crianças. Para o ajudar nesse processo, vamos dar-lhe algumas dicas para que possa aproveitar as férias ao máximo, mas em segurança. 

 

4 Aspetos que deve considerar antes de viajar com crianças

 

1. Escolha um local para a estadia que cumpra todas as normas

No âmbito da prevenção da COVID-19, todos os espaços abertos ao público têm de cumprir um novo conjunto de normas. Na escolha do local para a estadia, seja hotel ou alojamento local, questione relativamente aos procedimentos de higiene e desinfeção. Seja exigente neste aspeto, principalmente se vai viajar com crianças. 

 

2. Dê primazia a atividades ao ar livre

rotina dos mais pequenos alterou-se substancialmente desde o mês de março, tornando-se mais sedentáriaNesse sentido, se vai viajar com crianças, opte por um programa de férias mais dinâmico, que inclua atividades ao ar livre, de modo a compensar essa situação. 

 

3. Verifique a situação epidemiológica da zona para onde vai

Antes de escolher o local onde vai passar as férias, analise a situação epidemiológica relativamente à COVID-19. Caso decida ir para o estrangeiro, verifique se o país para onde vai exige quarentena obrigatória ou teste negativo ao vírus. Este passo é muito importante para prevenir imprevistos de última hora. 

 

4. Fale com as crianças

Antes de viajar com as crianças é importante ter uma conversa prévia no sentido de reforçar os cuidados a ter fora de casa. Dissipe as dúvidas que o seu filho possa ter e faça-o sentir-se mais  seguro. 

 

O que levar na mala de viagem durante a pandemia de COVID-19?

 

  1. Máscara – Se vai viajar com crianças a partir dos 10 anos, deve levar máscaras para elas. Em muitos locais públicos a sua utilização é obrigatória. Mediante o número de dias que vai passar fora de casa, deve levar máscaras de substituição suficientes. 
  2. Gel desinfetante – Não se esqueça de colocar na mala de viagem gel desinfetante à base de álcool, de modo a poder higienizar as mãos em qualquer lugar. No caso das crianças mais pequenas será muito útil, dada a sua predisposição para tocar em objetos e superfícies potencialmente contaminados.
  3. Termómetro  Para quem tem filhos mais pequenos, este era já um objeto indispensável numa mala de viagem. Face à situação epidemiológica atual, o termómetro pode ter uma utilidade maior, no sentido de avaliar sintomas que eventualmente possam surgir. 

 

5 Cuidados a ter quando viajar com crianças

 

1. Higienize as mãos

Para a prevenção da COVID-19 é fundamental a desinfeção e higiene das mãos. Ao viajar com crianças este cuidado torna-se ainda mais importanteEsteja muito atento e insista com os seus filhos para se lembrarem de higienizar as mãos frequentemente. 

 

2. Esteja atento aos contactos sociais das crianças

Durante as férias, é muito comum as crianças fazerem novas amizades. Contudo, devido à COVID-19, deve haver um maior cuidado no contacto socialNão proíba esses contactos, já que são muito importantes para o desenvolvimento dos mais novos. Porém, insista nos cuidados que os seus filhos devem ter na relação com os outros, mantendo o distanciamento e evitando a partilha de objetos. 

 

3. Desinfete regularmente os objetos pessoais

É importante manter as rotinas de higienização dos objetos, especialmente, os das crianças. Brinquedos, telemóveis ou tablets devem ser constantemente desinfetados. 

 

4. Tenha atenção ao lixo

Ao utilizar máscaras ou luvas descartáveis deve ter o cuidado de as colocar no lixo indiferenciado após a sua utilização. Ao viajar com as crianças, aproveite para reforçar a importância deste comportamento cívico. 

 

5. Mantenha-se informado

Procure manter-se informado acerca da situação epidemiológica do local em que está. Embora deva aproveitar as férias para relaxar, é fundamental estar informado. Tente não passar essas preocupações para a criança, de modo a que esta esteja num ambiente descontraído 

 

Os hábitos das pessoas alteraram-se significativamente com a pandemia da COVID-19É importante minimizar esses impactos nas crianças, de forma a não comprometer o seu desenvolvimento físico, psicológico e social. 

Subscreva o blog do Externato Champagnat para mais conteúdos úteis sobre educação e desenvolvimento infantil! 

 


 

Deixe uma resposta