fbpx

7 Truques para convencer as crianças a comer sopa 

crianças + comer sopa

Uma alimentação saudável e equilibrada é fundamental para o desenvolvimento físico e psicológico dos mais pequenos. Garantir o seu bem-estar depende consideravelmente da sua nutrição. Para isso, habituar as crianças desde cedo a comer sopa tem um papel determinante. 

Uma dieta equilibrada previne o aparecimento de doenças como, por exemplo, a obesidade. Introduzir a sopa na dieta das crianças é um hábito alimentar que se deve incutir e manter. Além de haver uma grande variedade de receitas, permite inserir os hortícolas na alimentação dos pequenos. 

Neste grupo alimentar estão presentes várias vitaminas, minerais e fibras, fundamentais para um crescimento saudável 

A grande vantagem de comer sopa é que permite introduzir vários hortícolas numa mesma refeição das crianças. Contudo, é importante que os consumam também de outras formas, como por exemplo, em saladascozidos ou salteados. 

 

7 Dicas para convencer as crianças a comer sopa

Para muitas famílias levar as crianças a comer sopa é, por vezes, uma tarefa difícil. O facto de não apreciarem comer certos legumes isoladamente pode estar na origem desta aversão à sopa. No entanto, há formas de desconstruir a visão negativa deste prato no imaginário dos mais novos.  

Damos-lhe agora algumas dicas para convencer as crianças a comer sopa mais vezes. 

 

1. Adote bons hábitos alimentares

Há estudos que revelam que os pais têm uma influência determinante nos hábitos alimentares dos filhos. Por isso, se pretende fazer com que as crianças comam sopa, deve dar o exemplo comendo também. Esse é o primeiro passo para conseguir incutir nos mais pequenos a rotina de comer sopa. 

 

2. Introduza o costume de comer sopa desde cedo

As preferências alimentares dos mais pequenos não nascem com eles, desenvolvem-se. Os primeiros tempos de vida são fundamentais para este processo. É natural que as crianças que não são estimuladas desde cedo a comer sopa mais tarde a tentem evitar. Cabe aos pais educar o paladar dos filhos desde cedo, preferindo os alimentos naturais em detrimento dos menos saudáveis como os processados, por exemplo. 

 

3. Eduque o paladar e tenha atenção aos temperos

Outro dos problemas na nutrição dos pequenos é a habituação a certos sabores, que dificultam uma alimentação saudável. É fundamental, desde cedo, evitar o consumo excessivo de sal e de açúcar na dieta infantil. Seja no momento da confeção ou da compra dos alimentos, é muito importante estar atento a essas concentrações 

No caso da sopa, se acostumar as crianças a comerem-na pouco condimentada, acabam por se habituar ao gosto mais natural das receitas. Uma dica para evitar o sal é substituí-lo por ervas aromáticas. 

 

4. Envolva a criança na confeção

Um dos truques para ajudar as crianças a comerem sopa é pô-las a ajudar durante sua confeção. Além da vertente pedagógica, isto possibilita que elas próprias sugiram as suas preferências na preparação.   

 

5. Comece pela sopa

Incutir o hábito de comer sopa no início das refeições ajuda a que, no futuro, mantenham esse costume e façam uma alimentação mais saudável. Começar pela sopa deve ser uma prática comum a todas as refeições. 

 

6. Torne a sopa apetitosa no aspeto e sabor

A velha máxima de “comer com os olhos” assenta muito bem na questão de convencer as crianças a comer sopa. Para não afastar os mais pequenos deste prato, o ideal é torná-la agradável à vista e também no sabor.  

Desse modo, dê preferência a receitas mais cremosas e escolha bem os sabores. Uma apresentação divertida, usando tostinhas ou croutons, pode também ajudar a cativar os mais novos.  

 

7. Varie nas sopas

Diversificar as receitas ao longo da semana é uma boa estratégia para ajudar as crianças a comer sopa. Repetir uma mesma sopa durante muitos dias pode levar os mais pequenos a enjoarem e consequentemente a rejeitá-la. Mas não precisa de preparar uma sopa nova todos os dias! Basta fazer 2 ou 3 receitas em grandes quantidades e congelar em porções, para ir variando. 

 

Uma boa educação alimentar é determinante para o crescimento e desenvolvimento saudável das crianças. A ação pedagógica do Externato Champagnant estende-se também à mesa, garantindo que os alunos têm uma alimentação equilibrada e saudável. Para isso, todas as ementas são elaboradas por nutricionistas de acordo com as necessidades nutricionais e estado de desenvolvimento de cada criança. O Externato Champagnant conta com um chef que confeciona as refeições de modo a garantir a máxima qualidade. 

 

alimentação dos seus filhos é um tema que lhe interessa? Aproveite para subscrever o nosso blog e consulte outros artigos sobre nutrição infantil! 

Deixe uma resposta