Educação de um filho: O que privilegiar no ensino pré-escolar!

Educação

Educação dos filhos é um tema que assume diferentes preocupações e objetivos, dependendo da fase da infância e adolescência. O momento que marca o pré-escolar, que antecipa a entrada na escola primária, é muito importante no processo de desenvoltura das crianças.

Muitas vezes, é inconscientemente desvalorizado pelos pais a evolução que pode ser alcançada em contexto escolar. Contudo, a verdade é que o ensino pré-escolar é determinante no desenvolvimento das crianças. Ainda que não faça parte da escolaridade obrigatória, facilita o processo de entrada dos alunos no primeiro ciclo e permite-lhes desenvolver capacidades de raciocínio e socialização. Há portanto inúmeras vantagens em possibilitar ao seu filho um ambiente escolar, anterior à escola primária.

Coloque de lado as suas inseguranças e veja o quão positivo pode ser esta experiência para o seu filho. Os estímulos serão maiores e permanentes, o acompanhamento profissional será, sem dúvida, diferente e benéfico para o seu filho, para além do que, contactar diariamente com outras crianças será extremamente vantajoso para ele.

O processo de aprendizagem e de formação de personalidade começa bem cedo. Assim, é importante que os pais conheçam alguns aspetos a privilegiar na educação dos seus filhos. Deixamos aqui 4 que consideramos serem essenciais no processo educacional no pré-escolar:

 

1. Desenvolver o processo de socialização

O processo de socialização da criança é um dos aspetos fundamentais do ensino pré-escolar. Dinâmicas de interação com outras crianças e com adultos desenvolvem capacidades de observação, de comunicação e de partilha.

São estas interações que permitem a construção de referências por parte dos alunos, que geralmente têm entre três e cinco anos, e que fomentam a integração em grupos complementares à família.

O ensino pré-escolar privilegia a cidadania e a convivência democrática entre os alunos e ensina a formar laços de pertença social e cultural. Estas são, inclusivamente, algumas das orientações dadas pelo Ministério da Educação para a educação pré-escolar.

 

2. Proporcionar momentos de lazer

Se a sala de aula é ótima para fazer jogos didáticos e para uma aprendizagem mais formal, brincar ao ar livre é extremamente benéfico não só para o desenvolvimento da personalidade como para a saúde. Fomenta a imaginação, estimula a criatividade e alarga a curiosidade e o desejo de aprender dos mais novos, além de contribuir para a criação de memórias.

 

3. Incutir regras e fomentar o respeito pelo outro

Obedecer às regras impostas pelos educadores e auxiliares no jardim-de-infância desenvolve a tolerância, disciplina, sensibilidade e respeito nos alunos do ensino pré-escolar, além de combater o individualismo e fomentar a autonomia e partilha. Aprender a acatar ordens traduzir-se-á numa maior responsabilidade na vida futura.

 

4. Valorizar e escutar a criança

No ensino pré-escolar deve ser valorizado um clima de respeito e atenção às preocupações e necessidades da criança, para que esta se sinta valorizada e escutada. Promove-se, assim, a sua autoestima e autoconfiança.

 

Escolha a melhor solução para a educação do seu filho

O processo educativo ajuda o seu filho a construir uma identidade única. Ao gerar as estruturas mentais necessárias para o desenvolvimento da aprendizagem formal dos anos seguintes, facilita a transição para o primeiro ciclo.

Para que a criança tire o máximo proveito do ensino pré-escolar, é importante que escolha uma escola, pública ou privada, seja jardim-de-infância ou externato, na qual deposite total confiança. É uma decisão difícil. Muitas vezes marca o momento em que a criança assume o seu espaço longe da família. Contudo, as vantagens são enormes. Se tiver em conta os aspetos que aqui lhe deixamos, a educação do seu filho só terá a ganhar.

 


 

Deixe uma resposta