fbpx

A Programação e a Robótica em contexto educativo!

Programação

Programação e robótica são componentes indispensáveis na Escola de hoje, fruto da evolução da sociedade. As empresas e instituições para que se constituam como entidades de referência têm de estar em constante atualização e adaptação. A Escola, sendo um dos pilares da sociedade deve ser sempre uma escola em mudança, atualização, crescimento e evolução.

No Externato Champagnat fazemos desta uma das nossas maiores prioridades, procurando, todos os dias, ser uma Escola atenta e reativa ao que se passa na nossa comunidade educativa e na sociedade em geral, tendo flexibilidade para alinhar as nossas práticas e ações ao necessário para o desenvolvimento de futuros talentos.

A sociedade muda, as nossas crianças mudam com ela e nós mudamos para elas! Hoje, enfrentamos o desafio de formar a geração dos nativos digitais, a geração Z, milennials, globalists ou tantas outras definições. Os nossos estudantes não sabem o que é o mundo sem Internet e têm dificuldade em distinguir a vida online da offline. Procuram o imediatismo, uma vez que o acesso à rede é encarado como essencial. Permite-lhes estudar, trabalhar, mas também relacionar-se.

 

Programação e Robótica, ferramentas indispensáveis na Escola de hoje

A utilização da Programação e da Robótica em contexto educativo é imprescindível e tem inúmeras potencialidades. Tem um papel importante na educação e pode-o desempenhar desde cedo, desde o primeiro ciclo. A robótica pode ser uma ponte para o ensino de outras disciplinas e uma ferramenta fundamental para a Escola.

A nossa experiência, bem como muitos dados teóricos, já deixaram explícito que o modelo de Escola tradicional em que o professor fala ou escreve no quadro enquanto os alunos prestam atenção e copiam, está completamente ultrapassado. Os alunos do século XXI precisam de aulas mais interativas para que o conteúdo lecionado pela Escola os atraia. A simples transmissão de informação pode ser substituída por dados disponíveis na Internet. Para despertar e/ou manter o interesse dos alunos, a Escola deve desenvolver-se como um projeto que desafie, que leve os alunos a que construam o seu conhecimento.

A utilização da Robótica em contexto educativo pode constituir-se como um desafio permanente e mutável. Ao mesmo tempo, faz ponte entre diversas disciplinas, promovendo a noção de transversalidade de conhecimento e mobilizando o desenvolvimento de inúmeras competências nos alunos.

Por exemplo, os alunos do 7.º ano, na disciplina de Físico-química, estudam o movimento dos planetas do Sistema Solar. Através da Robótica, podem construir um modelo do Sistema Planetário em que cada robô se desloque da mesma forma que um dado planeta, seguindo determinadas trajetórias (linhas), a uma certa velocidade. Para atingir este objetivo, os alunos terão de utilizar conhecimentos de Ciências Naturais,  Geografia, Físico-química, Matemática, Educação Tecnológica, T.I.C…. Terão de preparar, planear, implementar, testar, voltar a planear, voltar a implementar… Toda a aprendizagem será muito mais profunda e terá para os alunos um sentido muito mais próximo e pessoal do que somente através da transmissão direta de conhecimentos.

 

Programação e Robótica promovem competências sociais

A Robótica tem ainda um papel muito importante também ao nível da promoção das competências sociais dos nossos alunos. Quando se utiliza a Robótica em contexto educativo, ninguém trabalha sozinho! A superação de obstáculos dependerá grandemente das competências ao nível do trabalho cooperativo que os nossos alunos consigam desenvolver.

 

Programação

 

Parece-nos, assim, que não podemos deixar de introduzir a Robótica na nossa Escola. A sua exploração apresenta-se como algo francamente positivo e está demasiado presente na nossa ideia de futuro para que possa não fazer parte do nosso presente.

 

Programação e Robótica já fazem parte do nosso dia-a-dia

É com este sentimento que, já no ano letivo 2017/2018, no Externato Champagnat, iniciaremos o projeto do ensino da Robótica com algumas turmas, bem como o inerente trabalho em programação. Já adquirimos vários kits da Lego®Mindstorms, EV3, e os nossos alunos do 1º ciclo já começaram a programar este ano. Para além disso, já realizámos vários workshops de Robótica onde verificamos o elevado interesse e empenho dos nossos alunos.

No próximo ano letivo continuaremos este caminho de mão dada com o futuro.

 

Dina Guimarães

Professora de Ciências Físico-químicas

 


 

Deixe uma resposta