Desporto na adolescência: Conheça as vantagens!

desporto

O desporto constitui um fator-chave para alcançar um estilo de vida saudável. Nesse sentido, a sua prática deve ser incrementada desde cedo, preferencialmente desde a infância. Assim, na adolescência, a atividade física já estará enraizada e será parte integrante da vida dos jovens.

Para que isso aconteça, tanto a escola como os pais têm um papel fundamental. Por um lado, as aulas de Educação Física proporcionam, geralmente, o primeiro contacto com as diferentes modalidades. As mesmas evoluem, às vezes, para a participação no desporto escolar, o que envolve equipas e competições.

Por outro lado, algumas paixões desportivas surgem em atividades extracurriculares sugeridas pelos pais, como o judo ou o ballet. Em qualquer um dos casos, o importante é que os jovens pratiquem algo de que gostem, que os motive e que os faça mexer!

O desporto faz bem ao corpo e à mente e os seus benefícios são visíveis a vários níveis. Há estudos que o comprovam. Assim sendo, elaboramos uma lista de vantagens associadas à prática regular de exercício físico.

 

Benefícios físicos da atividade desportiva

 

  • Combate à obesidade

O excesso de peso é um dos maiores problemas de saúde do século XXI. Afeta todos os segmentos da população e a adolescência não é exceção. As causas prendem-se com vários fatores, sendo os principais culpados a má alimentação e o sedentarismo.

A prática de exercício surge, desse modo, como uma ótima forma de combater este flagelo. Para além de promover a atividade física, o desporto alerta para a importância da nutrição na conquista de um estilo de vida saudável.

 

  • Fortalecimento do corpo e da mente

A realização de qualquer tipo de atividade física tem múltiplos efeitos positivos no ser humano. Em relação ao corpo, fortalece os ossos e os músculos, promovendo assim um crescimento saudável e um aumento da força. Além disso, propicia uma melhoria significativa no sistema cardiovascular, o que previne o surgimento de doenças como a diabetes.

Ao nível da mente, há estudos que comprovam que fazer desporto melhora a capacidade de raciocínio. Isto traduz-se, consequentemente, numa melhoria do aproveitamento escolar.

 

Benefícios psicossociais do desporto

 

  • Criação de amizades e laços sociais

O companheirismo que existe no mundo desportivo é fundamental para a integração dos mais jovens na sociedade. Além de apelar ao “teamwork”, o desporto serve como palco de convívio entre adolescentes dos mais diversos contextos socioeconómicos e culturais. Daqui surgem ensinamentos cruciais para a vida, como por exemplo a igualdade, o respeito e a amizade.

 

  • Melhoria da autoconfiança e autoestima

O peso e a aparência são motivos de preocupação para muitos adolescentes. O desporto surge, assim, como forma de conquistar uma boa imagem e um aspeto saudável. Por conseguinte, cria jovens felizes e seguros.

 

  • Fuga ao stress e aos problemas

As adversidades na vida de um adolescente, em casa ou na escola, levam muitas vezes a depressões e ansiedade. O divórcio dos pais, paixões não correspondidas e pressão dos exames são alguns dos problemas que os jovens têm de enfrentar.

A prática de exercício constitui um escape à realidade. Isto acontece, sobretudo, porque o exercício físico estimula a produção de endorfinas, que promovem uma sensação de calma e bem-estar.

 

Em suma, podemos concluir que o desporto é de extrema importância para o desenvolvimento de qualquer jovem. Traz saúde e vitalidade ao organismo, ensina valores fundamentais como a entreajuda e contribui para o desenvolvimento de aptidões físicas e sociais.

Estes são apenas alguns exemplos de vantagens inerentes à prática do desporto na adolescência. Falamos de benefícios que serão, certamente, essenciais para um futuro de sucesso, quer a nível pessoal, quer a nível profissional.

Incentive os seus filhos a praticar desporto, seja qual for! Existe um vasto leque de modalidades, individuais ou coletivas. Faça com que experimentem várias, para depois poderem escolher aquelas de que mais gostam. O objetivo é que se exercitem, atingindo a velha máxima “mente sã em corpo são”.

 



Deixe uma resposta