Jardim de infância: 6 Dicas para aguentar os primeiros dias!

jardim de infância

O jardim de infância começa, geralmente, a fazer parte da vida das crianças aos 3 anos. Se o seu filho tem esta idade, é possível que a adaptação à nova fase comece a preocupá-lo.

O ensino pré-escolar é uma etapa importante no desenvolvimento psicossocial dos mais novos. Os jardins de infância orientam o trabalho educativo nos domínios físico, social, emocional e cognitivo, ao mesmo tempo que preparam a entrada para o 1º ciclo.

A Lei de Bases compreende a educação pré-escolar como parte integrante do sistema educativo português. É, assim, reconhecida a importância desta etapa no desenvolvimento dos mais pequenos.

 

Ensino pré-escolar: Sim ou não?

A aproximação do período pré-escolar é um momento que pode causar algumas dúvidas aos pais. Quando ambos têm uma ocupação profissional, torna-se imperativo encontrar uma solução para a guarda das crianças que seja enriquecedora.

As opções para deixar os mais pequenos não são muitas. Geralmente, as hipóteses são a escola, um dos pais (caso haja essa possibilidade), familiares próximos (nomeadamente os avós) ou a ama. Seja qual for a disponibilidade familiar, é aconselhável que a criança frequente a pré-escola.

No jardim de infância, o seu filho terá oportunidade de ter uma educação integral. Saiba que há competências que têm timings específicos para se desenvolverem nos mais novos. Os benefícios e os estímulos serão maiores num contexto pré-escolar, complementando assim a educação familiar.

 

6 Dicas para uma entrada tranquila no jardim de infância

Embora as vantagens sejam evidentes, o ingresso na pré-escola nem sempre é fácil para as crianças e para os pais. Se o seu filho não faz a transição da creche, pode ser ainda mais complicado. Deixamos-lhe, então, algumas dicas para tornar este processo mais simples.

 

  1. Seja exigente na escolha do jardim de infância

A escolha da instituição para a educação do seu filho é um passo fundamental. Existem várias opções que vão desde o ensino público ao privado. Pesquise as ofertas disponíveis e tenha em consideração o projeto educativo e a reputação da instituição de ensino.

É importante que defina alguns critérios em termos de organização pedagógica, tais como:

  • O tipo de atividades Se são de âmbito mais alargado ou se se circunscrevem apenas à preparação para o 1º ciclo;
  • O envolvimento dos pais no processo pedagógico;
  • A qualidade dos recursos humanos e físicos.

Consulte o projeto educativo e o plano de atividades de cada instituição e recolha o máximo de informação possível. Não se esqueça que são a educação e o desenvolvimento da criança que estão em jogo. Por isso, seja exigente!

 

  1. Defina uma rotina e comece a cumpri-la antes do início do ano letivo

Uma vez escolhida a instituição, e ainda em período de férias, é importante definir uma rotina. Crie horários para acordar, almoçar, lanchar e desenvolver atividades lúdico-pedagógicas similares aos do jardim de infância. Comece a fazê-lo com um mês de antecedência, para que a adaptação da criança aos novos ritmos seja mais simples.

 

  1. Não transmita a sua insegurança ao seu filho

Esta nova fase pode causar inseguranças, tanto nos mais pequenos como nos pais. Por isso, é normal que um sentimento de intranquilidade surja em ambos. No caso da criança, prende-se com o facto de haver um contexto desconhecido. Por sua vez, os progenitores receiam os sentimentos e reações que os filhos possam ter.

O essencial é não demonstrar a sua insegurança aos mais novos! Transmita-lhe confiança e evidencie todos os pontos positivos da nova etapa.

 

  1. Confie na equipa de profissionais educativos

Confie na equipa educativa que vai cuidar do seu filho no jardim de infância. Muitas das inseguranças que surgem são em relação a quem vai acompanhar a criança. Saiba que as instituições de ensino pré-escolar têm profissionais credenciados. Estes saberão fazer um acompanhamento adequado e ajudarão no desenvolvimento e crescimento da criança, assim como na sua adaptação.

 

  1. Conheçam as instalações do jardim de infância

Façam uma visita à instituição antes de o seu filho a começar a frequentar. Deixe-o conhecer os espaços e as pessoas, para que comece a ambientar-se. Se evidenciar alguma resistência à mudança, vá aumentando os períodos de permanência na pré-escola.

Para facilitar o ingresso no jardim de infância, permita que a criança leve algum objeto de que goste (um peluche ou um brinquedo, por exemplo). Assim, sentir-se-á mais confortável.

 

  1. Converse com a criança sobre a nova experiência

Nos primeiros dias de escola, converse com o seu filho sobre a experiência no jardim de infância. Peça-lhe para descrever as atividades que realizou e as interações com os pares. Não ignore os aspetos que causam desconforto, mas reforce sempre os pontos positivos.

 

Estar bem informado é crucial durante o processo educativo. Não receie ter dúvidas sobre como educar o seu filho. O importante é não se agarrar a ideias pré-concebidas, nem entrar em comparações.

Cada relação pais-criança é única e, por isso, todos os processos de educação são diferentes. Saiba que o bem-estar dos mais novos é o aspeto mais importante no seu desenvolvimento.

 



Deixe uma resposta