Livros: Como escolher os mais adequados para o seu filho?

livros

Os livros devem ser incluídos na sua lista de presentes para oferecer aos mais novos membros da família. Com a quadra natalícia a aproximar-se a passos largos, damos por nós a pensar nos presentes que vamos oferecer aos nossos filhos e nas várias (demasiadas e difíceis) exigências que estes fazem relativamente àquilo que gostariam de receber.

De entre as muitas possibilidades, porque não equacionar oferecer um livro? Ler é extremamente importante e tem um número inestimável de vantagens. Contudo, há uma questão que se coloca e que é crucial para o sucesso da leitura: Como escolher o livro ideal para o seu filho?

Na verdade, esta pode ser uma tarefa árdua, pelo que deixa os pais cheios de incertezas. Depois de entrar numa livraria, de folhear dezenas de livros, de os selecionar por temas, enredos, ilustrações, capas, autores e número de páginas, eis que encontramos um livro que nos suscita interesse. Contudo, quem o recebe pode simplesmente considerá-lo aborrecido e desinteressante.

Não prometendo a receita para a seleção do livro ideal, deixamos-lhe algumas dicas e cuidados que deve considerar na hora de escolher um livro para oferecer às crianças.

 

5 aspetos a considerar para escolher os melhores livros para o seu filho:

 

1. Idade recomendada

Embora haja livros que não são específicos para uma determinada faixa etária, as editoras podem distingui-los por idades recomendadas em função de algumas variáveis: temáticas abordadas, tipo de texto, ilustração, formato e material do livro, entre outros. Recomendamos que observe estes parâmetros com um olhar crítico, uma vez que a divisão não é estanque.

 

2. Ilustrações

Um livro com uma boa ilustração torna-se mais apetecível. Contudo, para um público mais crescido, a ausência de imagens não põe em causa a qualidade do livro. Pelo contrário, liberta o leitor para se envolver na sua leitura sem constrições.

 

3. Autor

É certo que os livros que têm autores de renome inspiram mais confiança. Mas atreva-se a pesquisar nomes que desconhece. Pode ter uma boa surpresa.

 

4. Editora

Procurar livros por editoras é também uma possibilidade, visto que algumas se especializam em determinados géneros textuais e formatos. Outras têm garantidos determinados autores. Escolha a editora em função dos aspetos que mais valoriza.

 

5. Resistência do material

Verifique a resistência do material que compõe o livro em função da idade do seu filho. Se a criança for muito pequena, é aconselhável escolher uma obra de páginas grossas, com boa encadernação, para que não se rasgue com facilidade e para seja fácil de folhear.

 

Seja qual for a sua estratégia, aconselhamos que leve o seu filho à livraria ou biblioteca e que lhe permita perder-se nos corredores e prateleiras. Deixe-o folhear os livros, cheirá-los, ler excertos e observá-los antes de os escolher.

A leitura é uma atividade prazerosa. Se for bem-sucedida, chega mesmo a ser viciante. No entanto, não desanime se o primeiro livro escolhido para o seu filho for colocado de lado. Quando tal acontece, procure novas obras e não desista.

 



Deixe uma resposta